Ipem apresenta balanço das perícias realizadas em novembro; 34 produtos foram analisados em Rondônia

O Instituto de Pesos e Medidas (Ipem) de Rondônia fez um balanço das perícias, realizadas durante o mês de novembro, em produtos comercializados em prateleiras de supermercados do Estado. No total, 34 produtos foram analisados no período, sendo 25 produtos aprovados e outros nove reprovados na avaliação realizada pelo Laboratório de Pré-Medidos do órgão por não seguirem as normas do Instituto Nacional de Metrologia e Tecnologia (Inmetro).

A ação tem a finalidade de conferir se os produtos ofertados nas prateleiras dos supermercados estão seguindo as especificações contidas nas respectivas embalagens.

Na média foram reprovados os seguintes produtos: charque e o shampoo condicionador. Já duas marcas de filme de PVC, outras duas de lenço antisséptico e uma de cobertura cremosa sabor requeijão também foram reprovadas no critério individual. “Dois produtos chamaram a atenção por terem sido reprovados em dois critérios, individual e na média, dentre eles estão: a água sanitária e o feijão, os quais estão em desacordo com a legislação”, frisou a metrologista do Ipem, Elli Maus.

“As ações do Ipem estão garantindo maior segurança ao consumidor para que possa adquirir o que realmente está sendo especificado no rótulo de cada produto nos estabelecimentos pelo Estado. E, seguindo a orientação do governador Marcos Rocha, estamos garantindo também a defesa do cidadão rondoniense e de uma concorrência justa entre as empresas”, destacou o presidente do Ipem, Aziz Rahal Neto.

O consumidor que encontrar, ou suspeitar de alguma irregularidade, pode informar à Ouvidoria do Ipem, pelo e-mail ouvidor@ipem.ro.gov.br ou pelo telefone 0800 647 7277.

 

 

Fonte
Texto: Alexandre Almeida
Fotos: Alexandre Almeida
Secom – Governo de Rondônia