Rondônia, Brasil, terça-feira, 19 de outubro de 2021, às 02:26:53 - Email: fv@folhadevilhena.com.br - Telefone: 69 9957-2377




GeralProfissionais da saúde fazem manifestação em favor do PCCR na sede do...

Profissionais da saúde fazem manifestação em favor do PCCR na sede do Governo de RO


“Se não tiver reunião hoje, a saúde a partir de quarta-feira vai parar”, disse o secretário de assuntos jurídicos do SINDSAÚDE.

Foto: Reprodução/RedeTV!

- Publicidade -

Profissionais da saúde fazem manifestação em favor do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR), que há 20 anos não passa por reajuste. Uma reunião para tratar sobre o assunto foi cancelada pelo Governo do Estado, horas antes de começar, segundo servidores.

- Publicidade -

Os profissionais da saúde reivindicam o reajuste dos vencimentos, já que o PCCR está desatualizado e não sofre reajuste há mais de duas décadas. Segundo a classe, a gestão estadual havia feito uma proposta de reajuste de salários, porém o valor do vencimento é irrisório.

“A gente vem desde janeiro deste ano tentando negociar com o secretário de saúde e ele praticamente vira as costas para o servidor”, disse Maicon Martins, secretário de assuntos jurídicos do SINDSAÚDE.

A manifestação aconteceu em frente ao Edífico Rio Machado onde ficam as instalações da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado de Rondônia (SINDSAÚDE-RO), Sindicato Dos Farmacêuticos De Rondônia (SINFAR-RO), Sindicato Médico De Rondônia (SIMERO), Sindicato dos Profissionais de Enfermagem de Rondônia (SINDERON), Sindicato Dos Fisioterapeutas E Terapeutas Ocupacionais Do Estado De Rondônia (SINFITO), Sindicato dos Odontologistas do Estado de Rondônia (SODERON) estiveram presentes durante a manifestação.

Greve na saúde

Segundo Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado de Rondônia (SINDSAÚDE-RO), o Governo de Rondônia havia marcado para a manhã desta segunda-feira, 11, uma reunião para tratar sobre o assunto, porém desmarcou o compromisso sem comunicar com antecedência ou explicar o motivo do cancelamento.

“Hoje estava marcado uma reunião com o governador e para a nossa surpresa, de última hora, cancelaram a reunião, uma falta de respeito com os servidores da saúde que estão esperando o reajuste salarial”, disse Maicon Martins, secretário de assuntos jurídicos do SINDSAÚDE.

O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado de Rondônia disse ainda que existe a possibilidade de greve.

“Se não tiver reunião hoje, a saúde a partir de quarta-feira vai parar. A nossa greve está suspensa devido a pandemia, mas podemos retornar a qualquer momento, porque estamos tentando negociar com o secretário, mas tá difícil o diálogo com ele”, finalizou Maicon Martins, secretário de assuntos jurídicos do SINDSAÚDE.

O Diário da Amazônia tentou contato com a Secretaria de Estado da Saúde, mas até o fechamento desta matéria, nenhuma nota de esclarecimento foi divulgada.

 

NOTA

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) informa que no dia 11 de janeiro, o Governo apresentou o Plano de Carreira, Cargos e Remuneração do Grupo Ocupacional Saúde (PCCR) aos Sindicatos dos trabalhadores da saúde na Assembleia Legislativa de Rondônia, no entanto, os Sindicatos não apresentaram respostas. Com isso, a Sesau os convocou para uma reunião que aconteceu no dia 01/10, onde foi apresentado melhoria salarial com vários aumentos significativos em todas as categorias.

Durante a reunião, foi proposto aos sindicatos a reavaliação da minuta referente ao PCCR como acrescentar, retirar ou adequar, da melhor forma, o que está sendo proposto. Foi realizado junto com os sindicatos a análise salarial atual de todos os cargos, classes e níveis dos servidores, além da análise do percentual de aumento salarial entre os níveis e as classes de cada cargo efetivo. Os sindicatos ficaram de apresentar uma nova proposta.

Por: diariodaamazonia



VEJA MAIS NOTÍCIAS

- Anúncio-

Agricultura

Mais notícias

- Anúncio-