Rondônia, Brasil, segunda-feira, 20 de setembro de 2021, às 22:56:51 - Email: fv@folhadevilhena.com.br - Telefone: 69 9957-2377




RondôniaPorto Velho e RegiãoVoos domésticos aumentam 16% em Porto Velho após forte impacto da 2ª...

Voos domésticos aumentam 16% em Porto Velho após forte impacto da 2ª onda da pandemia


Foram 1.668 pousos e decolagens em Porto Velho, ante 1.430 no mesmo período do ano passado. Com ampliação da vacinação contra a Covid, o passageiro ficou mais disposto a viajar.

(Foto: Ilustrativa)

- Publicidade -

O número de pousos e decolagens no aeroporto Governador Jorge Teixeira, em Porto Velho, aumentou 16,5% entre janeiro e maio deste ano, segundo registros da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Os dados sinalizam uma melhora depois do pico de Covid-19 neste ano.

- Publicidade -

Nos primeiros cinco meses de 2021 foram 1.668 pousos e decolagens em Porto Velho, ante 1.430 no mesmo período do ano passado. Os números do mês de junho ainda não foram divulgados pela Anac.

Mesmo com o aumento de voos na capital, os dados de janeiro a maio mostram que houve redução de -11% em pousos e decolagens no estado de Rondônia. Isso porque os aeroportos de Vilhena, Ji-Paraná e Cacoal não estavam operando no começo do ano.

Os voos em Vilhena foram retomados pela companhia Azul no dia 7 de junho. Já o retorno dos voos comerciais da Azul em Ji-Paraná foi no dia 1° de julho. Por enquanto, Cacoal é a única cidade sem operação da companhia, a única que atua no interior.

Passageiros pagantes na capital

Os dados da ANAC mostraram também um aumento de 29% de passageiros pagantes em Porto Velho nos cinco primeiros meses deste ano, em comparação com 2020.

Entre janeiro e maio de 2021 foram 222.018 pessoas embarcando ou desembarcando no aeroporto Governador Jorge Teixeira. No mesmo período do ano passado foram 171.617 viajantes, porém a queda brusca foi justificada pelo início da pandemia de coronavírus no país, quando as companhias suspenderam quase todos os voos em Porto Velho.

Antes da Covid chegar ao estado, segundo os dados da ANAC, a capital de Rondônia tinha mais de 300 mil passageiros pagantes nos primeiros cinco meses de cada ano.

Segundo a ANAC, também houve aumento do número de passageiros pagantes nos aeroportos de Rondônia. A alta foi de 6,3% se comparado a janeiro e maio de 2020.

Nos cinco primeiros meses do ano passado, 208.780 pessoas pagaram passagem para voar no estado; já neste ano foram 222.018 passageiros.

Vacinação x turismo

Com a ampliação da vacinação contra a Covid, o passageiro ficou mais disposto a viajar e isso pode justificar o aumento no número de pessoas pagantes na aviação em 2021.

É o que constatou a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês).

A pesquisa mostrou que a vacinação terá peso importante na retomada do turismo, pois dos entrevistados, 81% disseram que estarão mais propensos a viajar depois de vacinados.

De acordo com o Painel Covid do governo de Rondônia, o estado já aplicou 812.330 doses dos imunizantes, somando a 1ª e 2ª dose. Deste total, 614.684 pessoas tomaram a primeira dose da vacina e 197.646 pessoas tomaram a segunda dose.



VEJA MAIS NOTÍCIAS

- Anúncio-

Agricultura

Mais notícias

- Anúncio-