Rondônia, Brasil, segunda-feira, 20 de setembro de 2021, às 22:51:10 - Email: fv@folhadevilhena.com.br - Telefone: 69 9957-2377




Cone SulCorumbiaraEDUCAÇÃO PEDE SOCORRO: alunos são prejudicados por falta de aula e transporte...

EDUCAÇÃO PEDE SOCORRO: alunos são prejudicados por falta de aula e transporte escolar em Corumbiara


A suspensão das aulas na rede municipal de ensino, na cidade de Corumbiara,  já se alastra por um bom tempo e até a presente data nada foi resolvido. O descaso é tão grande, que pais e alunos tiverem que recorrer ao Ministério Público Estadual (MPE-RO) para denunciar à administração municipal.

- Publicidade -

Após estar à par da situação, membros do MPE se reuniram com o prefeito, Laércio Marchini, o secretário de educação do município, Luís Carlos Dala Costa e outros servidores e, na oportunidade ficou acordado que as aulas reiniciarão na próxima semana. O encontro aconteceu há suas semanas na sede da prefeitura.

- Publicidade -

Se a determinação é o retorno dos alunos às salas de aulas, ao que tudo indica, muitos ainda irão sofrer, visto que a frota de ônibus escolares que a prefeitura possui está parada no pátio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) por falta de manutenção. Ao todo são 05 veículos.

Conforme informações de um morador, até a presente data, a prefeitura não tomou nenhuma providência no sentido de adquirir peças para o conserto daqueles veículos, o que dá entender que metade da frota municipal ficará abandonada no pátio da SEMED.

Assim, até o problema persistir, os alunos da rede estadual que também dependem do transporte público municipal e os que estudam na zona rural continuarão perdendo as aulas. Vale frisar, que a rede estadual de ensino no município está funcionando normalmente e, por incrível que pareça tem muitos alunos que desde que iniciou o ano letivo no mês de fevereiro não foram sequer um dia à aula.

Já outros alunos, para não perderem a aula estão indo de motocicleta para seus respectivos centros de ensino, mesmo sendo menores de idade, colocando em risco suas próprias vidas.

 

Texto e fotos: Redação



VEJA MAIS NOTÍCIAS

- Anúncio-

Agricultura

Mais notícias

- Anúncio-