Rondônia, Brasil, segunda-feira, 20 de setembro de 2021, às 21:52:34 - Email: fv@folhadevilhena.com.br - Telefone: 69 9957-2377




Cone SulCorumbiaraEm Corumbiara, alunos fazem baldeação em ponte para ir à escola

Em Corumbiara, alunos fazem baldeação em ponte para ir à escola


O ano letivo de 2016 mal começou, e os problemas com o transporte escolar já começam a causar prejuízos aos alunos da rede pública de Ensino.

- Publicidade -

No município de Corumbiara, alunos da Rede Estadual de Educação que estudam na Escola Estadual Colina Verde, localizada no Distrito de Rondolândia, estão fazendo baldeação de ônibus para conseguir chegar à escola devido às péssimas condições de conservação de uma ponte sobre o Rio Santa Cruz, situada na 3ª Eixo entre a Linha 03 e 04.

- Publicidade -

A manutenção da estrada na localidade é de responsabilidade do DER-RO (Departamento de Estradas e Rodagens de Rondônia), mas ao que parece não há qualquer tipo de preocupação por parte do órgão responsável em resolver o problema, uma vez que, a referida ponte apresenta problemas de má conservação há mais de dois anos.

O problema de estrutura da ponte se agravou no início deste ano com as enchentes do rio e com o tráfego de caminhões de grande porte, tanto que somente veículos leves estão se arriscando a trafegar sobre a mesma.

Cerca de 20 alunos que residem nas Linhas 04, 05 e 3º Eixo estão sem poder frequentar a escola há mais de uma semana.

Na tentativa de amenizar o problema, houve uma reunião na Escola Colina Verde onde participaram o Sr. Itamar, dono da Empresa Uirapurú (responsável pelo transporte escolar), o Sr. Reinaldo, responsável pelo Setor de Transporte da CRE-SEDUC de Cerejeiras, o Sr. Josinei, técnico da SEMED/Corumbiara, os motoristas e a direção da Escola Colina Verde, onde ficou acertado que um dos ônibus escolares será colocado do outro lado do rio para transportar os alunos até a ponte.

A decisão não resolve a situação totalmente, pois provavelmente os alunos chegarão atrasados na escola uma vez que, um veículo de outra linha, após deixar alguns alunos na escola, deverá se deslocar até o local da ponte danificada para apanhar os alunos daquela localidade.

O responsável pelo setor de transporte da CRE-SEDUC, disse na reunião que já comunicou o problema ao responsável pelo DER-RO via telefone, mas até o momento nenhuma atitude foi tomada no sentido de resolver o problema.

A situação agora deverá ser encaminhada ao Ministério Público para conhecimento e providências cabíveis.

Texto: Redação

Foto: Comando 190



VEJA MAIS NOTÍCIAS

- Anúncio-

Agricultura

Mais notícias

- Anúncio-