Folha de Vilhena – TRAGÉDIA NA BR 364 – Acidente com ônibus da empresa Transbrasil deixa 01 morto e 37 feridos

TRAGÉDIA NA BR 364 – Acidente com ônibus da empresa Transbrasil deixa 01 morto e 37 feridos

Editoria Jornal 24 de julho de 2013 1

comando

O grave acidente aconteceu por volta da 01h00, desta madrugada fria,  na BR 364, a aproximadamente  20 Km depois de Presidente Médici, sentido Cacoal. Um ônibus com 36 passageiros e dois motoristas, da empresa Transbrasil, capotou em uma reta e caiu em uma pequena ribanceira. Um adolescente de 15 anos, identificado como Silas Santos Sodré, que embarcou em Porto Velho, juntamente com sua mãe e mais três irmãos, morreu esmagado pela carroceria. Os outros 35 passageiros e os dois motoristas, foram encaminhados ao Hospital de Presidente Médici, onde posteriormente foram redistribuídas para os Hospitais de Ji-Paraná, Cacoal, Ouro Preto e Porto Velho. Uma pessoa ainda não identificada foi levada às pressas ao Hospital de Cacoal em estado gravíssimo com suspeita de traumatismo craniano.

comando 4

Os passageiros embarcaram nas cidades de Porto Velho, Ariquemes, Jaru, Ouro Preto do Oeste e Ji-Paraná. A maioria viajava para Goiânia e Maranhão.

 Versão dos Motoristas

comando 3

Segundo declarações do motorista Denis Marcos Cardoso Lacerda, de 29 anos, que dirigia o ônibus no momento do acidente, estava trafegando pela BR 364 -sentido Cacoal, na média de 80 Km/h, quando se deparou com uma carreta, no sentido contrário, realizando uma ultrapassagem em outro veículo. Para não bater de frente, foi obrigado a jogar o ônibus para o acostamento, e em consequencia, acabou perdendo o controle da direção após bater no meio fio. Em seguida, o ônibus capotou e parou em uma pequena ribanceira.

 Já o outro motorista identificado  como Henrique Alves da Silva, de 30 anos, disse à Policia que entregou a direção para seu colega, na saída de Ji-Paraná, e foi descansar. Ele ainda contou que só acordou quando o ônibus já estava parado, quando ouviu gritos assustadores dos passageiros.

Versão da PRF e Testemunhas

comando 6

De acordo com o Inspetor da PRF Casarotto e o Perito Criminal João Universo, apenas o laudo técnico, que será emitido em 30 dias, apontará a verdadeira causa do acidente, porém o PRF Casarotto adiantou que não foi encontrado qualquer tipo de frenagem nos dois sentidos da pista.

 O Inspetor ainda mencionou que o  último registro do tacógrafo marcou a velocidade de 100 Km/h e não 80 Km/h,  como falou o motorista.  O patrulheiro ainda informou que a PRF está averiguando se as documentações do ônibus e a licença da empresa está em dias.

 Outros caminhoneiros que passaram pelo local, dissera que ouviram uma transmissão no rádio amador informando sobre o acidente e o interlocutor mencionava que havia presenciado o momento exato onde o motorista do ônibus perdeu o controle, capotando logo em seguida.

Socorro aos Feridos

Para o atendimento às vítimas foi necessário reforço do Corpo de Bombeiros da cidade de Cacoal, Ji-Paraná e de Ouro Preto.

A Prefeita de Presidente Médici Lurdinha, compareceu no Hospital Municipal e  esteve acompanhando de perto o atendimento aos feridos.  Ela lamentou o acidente e agradeceu o empenho de toda equipe do Hospital, bem como o trabalho em conjunto do Corpo de Bombeiro, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar.

comando 2

comando 1

comando 5

comando 7

comando 8

Fonte: Comando190

 

Um comentário »

  1. silva 24 de julho de 2013 at 19:26 - Reply

    Outro onibus desta mesma empresa tombou no mes passado em SC e matou 09 pessoas,eu hem no viajo com esta empresa nem a pau.

Deixe uma resposta »