Rondônia registra 512 denúncias de violência contra crianças, de janeiro a abril de 2017 - Folha de Vilhena
<

Rondônia registra 512 denúncias de violência contra crianças, de janeiro a abril de 2017

Abel Labajos junho 6, 2017 0


Rondônia já registrou 512 denúncias de casos de violência contra crianças e adolescentes, junto ao serviço nacional de denúncia, o Disque 100, somente no período de janeiro a abril deste ano. Os números levam o Ministério Público de Rondônia a fazer um alerta para a responsabilidade do poder público e de toda a sociedade na garantia da atenção e proteção desse público e a chamar a atenção para o Dia 04 de junho, Dia Internacional das Crianças Vítimas de Agressão.

“É um momento oportuno para pensarmos em nossas ações na prevenção e combate à violência contra crianças e adolescentes”, afirma o Diretor do Centro de Apoio Operacional da Infância, Promotor de Justiça Macos Valério Tessila de Melo.

De acordo com o Integrante do MP/RO, um dos objetivos deste dia é despertar as pessoas para o sofrimento das crianças que são vítimas de agressões de ordem física, sexual, mental e emocional, causadas por desigualdade social, miséria e vulnerabilidade, abandono e uma série de outros fatores.

Conforme detalha, o relatório de dados do Disque 100 aponta que o Estado de Rondônia foi responsável por 512 denúncias de violação de direitos de crianças e adolescentes nos primeiros quatro meses do ano. Entre as notificações, 189 referiram-se à negligência, 119 à violência psicológica, 69 à violência sexual e 102 à violência física, dentre outros tipos.

Dia Internacional  

O Dia 4 de junho foi criado na Assembleia Geral extraordinária das Nações Unidas em 19 de Agosto de 1982 e é um marco para lembrar a sociedade do seu dever de proteção integral à Criança, por meio da atuação em rede, do fortalecimento do Sistema de Garantia de Direitos preconizado no ECA (Lei Federal 8.069/90) e tendo como lócus privilegiado os Conselhos de Direitos da Criança e do Adolescente no âmbito dos estados e municípios.

 

Fonte: Ascom MP/RO

Comente

comentários


Deixe uma resposta »