Projeto prevê construção de 3 portos em Rondônia - Folha de Vilhena

Projeto prevê construção de 3 portos em Rondônia

Abel Labajos fevereiro 9, 2017 0

Três portos flutuantes serão construídos no Médio e Baixo Madeira por meio de uma parceria entre a prefeitura de Porto Velho e o governo do Estado. O assunto foi discutido na reunião entre o secretário Juca Castanheira, da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Semagric) e o presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater), Francisco Coutinho.

O secretário da Semagric adiantou que a prefeitura já tem os projetos e no encontro ficou acertado que o financiamento da obra ficará a cargo do Estado. “Os produtores do Baixo Madeira, por falta de infraestrutura para o escoamento na região, encontram muita dificuldade para fazer o embarque e desembarque de produtos. Preocupado com essa situação o prefeito Hildon Chaves determinou que déssemos uma atenção especial a esse problema”, explicou o secretário.

Juca Castanheira lembrou ainda que uma das prioridades da atual gestão é o fomento e o fortalecimento da agricultura familiar para que o município se desenvolva alicerçado em uma matriz econômica e não em ciclos econômicos como ocorre atualmente. Além da construção dos portos, também será disponibilizada uma embarcação, provavelmente uma balsa, para fazer o escoamento da produção do Baixo Madeira até a cidade.

Embarcação escoará produção da região

O presidente da Emater, Francisco Coutinho, disse que a proposta de parceria vai ao encontro da política do Estado de atuar junto com os municípios. Ele também adiantou onde poderão ser construídos os portos flutuantes e como será feito o financiamento. “Um desses portos será construído com recursos de compensação da Santo Antônio Energia e os outros dois pelo governo. Será em São Carlos, outro em Nazaré e o terceiro em Calama”, afirmou.

Com a construção dos portos e a disponibilização da embarcação aos produtores rurais ribeirinhos, o secretário Juca Castanheira vislumbra uma nova realidade para a população ribeirnha. “A prefeitura hoje começa a desenvolver uma política clara para o setor produtivo e, dentro dessa perspectiva, o Baixo Madeira não poderia ficar de fora. E com a garantia de escoamento resolve-se um dos principais gargalos existente na região”, frisou.

Além da construção dos portos e da disponibilização da embarcação para o escoamento da produção para os produtores rurais do Médio e Baixo Madeira, o secretário adiantou que os produtores da região terão ainda o apoio da prefeitura no que diz respeito a assistência técnica, utilização de novas tecnologias e distribuição de calcário para a melhoria e o aumento da produção.

“E esse apoio a prefeitura dará a todos os produtores rurais de Porto Velho porque a intenção do prefeito dr Hildon Chaves é fazer com que o setor produtivo na capital cresça e se desenvolva para que o nosso homem do campo possa se fixar em sua terra, em vez de migrar para a cidade. É em cima desse projeto que vamos trabalhar”, enfatizou.

 

Fonte: Diário da Amazônia

Comente

comentários

Deixe uma resposta »