Município de Vilhena paga dívida da gestão anterior e está apto a celebrar convênios e receber recursos Estaduais e Federais - Folha de Vilhena
<

Município de Vilhena paga dívida da gestão anterior e está apto a celebrar convênios e receber recursos Estaduais e Federais

Editoria Jornal março 29, 2017 0


PREVIDÊNCIA

De acordo com o titular da Semfaz, o débito estava na casa dos R$ 800 mil.

Uma das noticias mais esperadas pela administração municipal foi dada na manhã desta quarta-feira, 29, pelo secretário municipal de fazenda, Sérgio Nakamura.

O município conseguiu regularizar a situação de débito do Instituto de Previdência de Vilhena (IPMV) e emitiu o certificado de regularidade previdenciária (CRP). Segundo o secretário, o débito estava na casa dos R$ 800 mil.

“Antes da regularização, Vilhena não estava apta a celebrar nenhum tipo de convênio, seja ele de natureza federal ou estadual por conta da falta da certidão negativa. Agora podemos receber recursos e investimentos que vão alavancar as mais diversas áreas do município como educação, saúde, infraestrutura e etc.” disse Sergio.

Antes da regularização, o município se limitava a sua capacidade de investimento que é baixa devido às sobras do orçamento geral onde existem aplicações percentuais regulamentadas por lei e de emendas parlamentares que serviam apenas para áreas especificas cujo quais elas eram destinadas.

Agora se torna possível às realizações de transferências voluntárias de recursos da união, celebração de acordos, contratos, convênios ou ajustes, além da concessão de empréstimos, financiamentos, avais e subvenções em geral de órgãos ou entidades da administração direta e indireta da união

Nakamura elencou também a seriedade da gestão da prefeita pelo fato de que, mesmo com todas essas pendências a serem regularizadas, a prefeitura tem conseguido cumprir com suas obrigações como o pagamento dos salários em dia, por exemplo.

A prefeita Rosani Donadon comemorou mais essa vitória e aposta num novo momento para Vilhena depois da possibilidade de emissão da certidão negativa previdenciária. “É um momento de grande felicidade para nós, pois os recursos de grande volume de dinheiro na verdade são provenientes de convênios e nós estávamos de mãos atadas por conta desse imbróglio gerado pela administração passada. Agora sim poderemos ver as grandes obras de transformação acontecer na nossa cidade” finalizou a prefeita.

 

 

Fonte: Semcom

Comente

comentários


Deixe uma resposta »