Ligações de água aumentam consideravelmente no período da seca”, diz diretor técnico do SAAE - Folha de Vilhena
<

Ligações de água aumentam consideravelmente no período da seca”, diz diretor técnico do SAAE

Editoria II abril 18, 2017 0


Trabalho de conscientização sobre o consumo consciente de água neste período será intensificado pela autarquia

Em relatório, o Serviço Autônomo de Água e Esgotos (SAAE) apresentou um aumento de ligações de água significativo no pico da seca em Vilhena.

No ano de 2016, entre o período considerado crucial, junho a agosto, as ligações iniciais tiveram um aumento elevado. Segundo levantamento realizado pela autarquia é o período em que mais se faz ligação de água devido o aumento nas construções.

“Geralmente é no período da seca que se tem mais ligação de água, mas diariamente são realizadas entre 8 a 10 ligações”, comentou o diretor técnico Milson Canhete.

Com cerca de 80 ligações mensais de água nos primeiros meses de 2017, o SAAE trabalha sempre com duas equipes na ligação, sendo um operador de retroescavadeira e um encanador instalando a rede. A autarquia está em processo de aquisição de um maquinário que recupera o asfalto logo depois de realizar a ligação.

Uma das prioridades do SAAE durante o período da seca é a manutenção dos poços e o trabalho de conscientizar a população sobre o desperdício de água, a fim de evitar a construção de novos poços artesianos.

Segundo o diretor da autarquia, Arijoan Cavalcante, conscientizar é a melhor solução, pois durante este período muitos consumidores acabam utilizando mais água regrando plantas e lavando calçadas.

Relatório de ligações iniciais no período de janeiro de 2016 a março de 2017:

Mês Ano Número de ligações
Janeiro 2016 28.317
Fevereiro 2016 28.436
Março 2016 28.505
Abril 2016 28.573
Maio 2016 28.633
Junho 2016 28.705
Julho 2016 28.798
Agosto 2016 28.900
Setembro 2016 28.979
Outubro 2016 29.044
Novembro 2016 29.108
Dezembro 2016 29.168
Janeiro 2017 29.263
Fevereiro 2017 29.353
Março 2017 29.434

Fonte: SEMCOM

Comente

comentários


Deixe uma resposta »