Ladrão furta funcionárias da tia e acaba esfaqueado pelo irmão no Jardim Primavera - Folha de Vilhena
<

Ladrão furta funcionárias da tia e acaba esfaqueado pelo irmão no Jardim Primavera

Folha de Vilhena abril 16, 2017 0


Ladrão é foragido da justiça, mas nega ter praticado o furto

O caso foi registrado na noite deste domingo, 16 de abril, no bar da Loira, localizado na avenida Vitória Régia (1.705) do bairro Jardim Primavera, setor 17, em Vilhena.

De acordo com as informações, o foragido da justiça Rodrigo Emerson Tech Lopes, 26 anos, teria chegado há dois dias da cidade de Porto Velho, local de onde fugiu do sistema prisional, e havia se dirigido até o bar da Loira, que pertence a sua tia. No loca, Rodrigo teria furtado dois celulares das funcionárias e evadido-se.

Rodrigo se dirigiu até o bar que pertence a sua mãe, também na avenida Vitória Régia (1.705), em frente ao mercado Primavera. Ao ter conhecimento dos furtos praticado pelo irmão, o infrator Ramiro Tech Lopes dirigiu-se até o bar da mãe, no intuito de reaver os aparelhos celulares furtados pelo ladrão.

Na ocasião, Rodrigo disse que se Ramires fosse homem, que o matasse, momento em que as partes entraram em luta corporal,  trocando socos e chutes e até mesmo, garrafas. Rodrigo revelou a polícia que durante a briga, Ramires teria desferido um golpe de faca na mão esquerda de Rodrigo. Versão está negada pelas testemunhas, as quais informaram que Rodrigo teria cortado a mão com uma garrafa de cerveja que quebrou em uma mesa.

Populares intervieram na situação com os gritos de socorro de Rodrigo, sendo solicitada a presença da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Rodrigo foi encaminhado ao pronto socorro do Hospital Regional apresentando o corte na mão e escoriações na face.

Os policiais militares constataram que em desfavor de Rodrigo havia mandado de prisão em aberto e que o mesmo encontrava-se foragido da colônia penal de Porto Velho, tendo este, recebido voz de prisão e após receber os devidos atendimentos no hospital, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, de onde deverá ser apresentado no presídio Cone Sul.

Ramires deverá responder por lesão corporal e vias de fatos, enquanto seu irmão Rodrigo será indiciado por furto qualificado, ameaça e vias de fato.

 

Carlos Mont Serrate

Folha de Vilhena

Comente

comentários


Deixe uma resposta »