INSS realiza pente-fino em auxílios - Folha de Vilhena
<

INSS realiza pente-fino em auxílios

Editoria Jornal junho 8, 2017 1


Serão revisados 530,2 mil auxílios e 1,17 milhão de aposentadorias por invalidez

 

O Governo Federal começou o processo de convocação dos beneficiários de auxílio-doença com mais de 60 anos para a realização de uma nova perícia médica relativa a benefícios por incapacidade pagos pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

Até agora foram cessados em todo o estado de Rondônia com realização de perícia 643 benefícios, o que corresponde a 88% das perícias realizadas. Já os benefícios cancelados por não comparecimento contabilizam 228 somando um total de 871 benefícios cessados.

A revisão que teve seu início em 2016, este ano convoca beneficiários que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez e, não realizaram perícia há pelo menos dois anos. Cartas são emitidas para as residências dos beneficiários com as respectivas informações para a realização da perícia.

Em 2016 o INSS começou chamando segurados mais novos para a realização do exame, em fevereiro deste ano foi a vez dos segurados com mais de 50 anos. E, agora, está convocando pessoas com mais de 60 anos.

Após a realização das perícias, os beneficiários que não mais se enquadram nos termos médicos, ou seja, que já estão aptos a voltarem para o trabalho ou faleceram, este benefício é cessado. Vale lembrar que o segurado tem até 60 dias para se manifestar.

Os gastos por parte do governo com os benefícios das pessoas que não realizam perícia médica no País chegam a R$ 2 bilhões ao ano. No estado de Rondônia é estimado um valor de R$ 15 milhões.

Em todo Brasil beneficiários por incapacidade mantidos há mais de 2 anos BID anterior a 06/01/2015 sem perícia contabiliza 1.706.107.

Em 2017 o número de auxílio-doença para avaliações é de: 530.191 (corresponde a 34% dos 1.551.956 auxílios-doença mantidos pelo INSS em abril /2017).

O número de aposentadoria por invalidez chega a: 1.175.916 (correspondente a 34% das 3.445.476 aposentadorias por invalidez mantidos pelo INSS em abril 2017).

O número de demandas para realização de perícias aumentou, em 2016 o número de cartas enviadas em Rondônia foi de 853 cartas enviadas, para este ano já foram enviadas 3.292 cartas e, a previsão é que sejam convocados 4.145 beneficiários para comparecer a perícia.

 

Fonte: Diário da Amazônia

 

Comente

comentários


Um comentário »

  1. Duarte junho 9, 2017 at 9:30 am - Reply

    ja parei de ler logo no cálculo do inicio, se 643 representa 88% das pericias, o total é de 730, como que o total ta 871.

    isso é matemática básica, regra de três.

Deixe uma resposta »