Funcionário de fazenda é encontrado morto dentro de carro - Folha de Vilhena

Funcionário de fazenda é encontrado morto dentro de carro

Abel Labajos janeiro 30, 2017 0

(Foto: RotaComando /Reprodução)

O funcionário de uma fazenda invadida pela Liga dos Camponeses Pobres (LCP) em 2016 foi encontrado morto em Seringueiras (RO), município a cerca de 560 quilômetros da capital. Conforme registro policial, o homem, de 34 anos, já havia sofrido uma tentativa de homicídio em novembro do ano passado. O corpo foi encontrado por populares a cerca de 500 metros da entrada da fazenda Bom Futuro, no final de semana.

Segundo o boletim de ocorrência, dois funcionários da fazenda estariam indo ao local para alimentar os animais. Pouco antes de chegar à entrada da fazenda eles encontraram o carro com várias perfurações de tiro e o corpo do funcionário dentro.

Um dos colegas da vítima contou à polícia que o homem estava na fazenda no sábado e, por volta das 20h da noite, disse que iria até à cidade de Seringueiras para buscar combustível para continuar o serviço no dia seguinte e também ia se encontrar com uma mulher. A testemunha disse que a polícia que não se preocupou, pois a vítima nem sempre voltava no mesmo dia.

Após o corpo do trabalhador ser achado dentro do carro, a perícia esteve no local e encontrou três cartuchos de calibre 28. A mesma vítima já teria sofrido uma tentativa de homicídio em novembro de 2016 e sobreviveu, pois estava em um carro blindado.

Invasão
A Fazenda Bom Futuro foi invadida em julho de 2016, quando, segundo PM, cerca de 100 pessoas armadas renderam o proprietário e funcionários do local.

O grupo permaneceu na propriedade por cerca de um mês e, com uma decisão da Justiça, deixaram de forma pacífica o local e foram realocados para outra terra de propriedade do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

 

Fonte: G1

Comente

comentários

Deixe uma resposta »