Força Tática prende irmãos que estavam foragidos e portavam munições - Folha de Vilhena
<

Força Tática prende irmãos que estavam foragidos e portavam munições

Folha de Vilhena abril 21, 2017 0


Infratores foram flagranteados por porte ilegal de armas de fogo e encaminhados ao presídio Cone Sul

O caso foi registrado na tarde desta sexta-feira, 21 de abril, na avenida Brasil (30) esquina com a rua 61 do bairro Jardim Eldorado, em Vilhena.

A guarnição da Força Tática realizava patrulhamento de rotina quando se depararam com dois homens em atitudes suspeitas a bordo de uma motocicleta Yamaha YBR 125 de cor verde e placa NDD-9339/Vilhena e diante disto deram voz de parada aos mesmos.

O motociclista por sua vez, desobedeceu todas as ordens e empreendeu fuga em alta velocidade, colocando em risco a vida de terceiros, chegando a transitar na contramão da avenida 34 e ao chegarem na avenida Brasil (30) acabaram sofrendo uma queda e com isso, sendo abordados.

Tratavam-se de dois irmãos já conhecidos das guarnições, identificados como Claudemir Lopes dos Santos, 25 anos, que pilotava a moto e Valdinei Lopes dos Santos, 28 anos. Eles que resistiram a prisão e foi necessário uso de algemas para contê-los.

Durante revista aos mesmos, os policiais encontraram com Claudemir 06 munições intactas de calibre 38 e nas partes intimas estava uma camiseta de cor branca com emblema do Sicoob. No momento da ocorrência, o celular de Valdinei recebi diversas mensagens, uma delas com os dizeres ❝já fez a fita❞, mas o infrator negou-se em desbloquear o celular para que a polícia averiguasse o teor das mensagens.

Ambos irmãos possuem mandado de prisão em aberto, tendo ambos assumido que romperão as tornozeleiras eletrônicas da Sejus em uma residência da rua Sergipe no setor 19. Buscas foram realizadas, mas as tornozeleiras não foram encontradas.

O caso foi lavrado na Delegacia de Polícia Civil, onde a dupla foi apresentada e flagranteada pelo delegado de plantão e posteriormente entregues no presídio Cone Sul.

 

Carlos Mont Serrate

Folha de Vilhena

Comente

comentários


Deixe uma resposta »