Força Tática, GOE e Núcleo de Inteligência prendem acusados de traficar drogas no Cone Sul - Folha de Vilhena
<

Força Tática, GOE e Núcleo de Inteligência prendem acusados de traficar drogas no Cone Sul

Folha de Vilhena março 29, 2017 0


Dois dos suspeitos acabaram flagranteados pelo delegado e recolhidos à Casa de Detenção da cidade

O caso foi registrado na noite desta terça-feira, 28 de março, em uma residência na avenida Beira Rio, no Centro de Vilhena após investigações do Núcleo de Inteligência da Polícia Militar.

Conforme apurado, o Núcleo de Inteligência da Polícia Militar (NI) estava investigando a denúncia que dava conta de que o acusado Maikon Douglas Nery Kreusch, 22 anos, estaria comercializando drogas no Cone Sul de Rondônia e que na noite de hoje, iriam concretizar a venda de certa quantidade de drogas.

Ao saberem de tais informações, o NI solicitou apoio do Grupo de Operações Especiais (GOE) e da Força Tática para que fosse realizada abordagem na residência de Maikon, na avenida Beira Rio, onde no local foram detidos os suspeitos Alexandre dos Santos Camargo, 18 anos, Félix Vagner Frey, 22 anos, e Bruno da Silva Bittencourt, de 21 anos.

Durante revista na residência, os policiais apreenderam na cômoda da sala, dois invólucros de substância vegetal aparentando ser maconha. Neste exato momento o celular de Maikon tocou e foi pedido para que o mesmo atendesse a ligação com o viva voz ligado, ocasião em que uma mulher perguntava se a droga que ela iria comprar já estava com ele.

Por sua vez, o acusado acabou confessando que a droga já estava em Vilhena, escondida na casa de Alexandre Camargo e neste momento, desligou o telefone. Os policiais indagaram Alexandre sobre tais informações e este confessou que havia autorizado que Maikon escondesse as drogas em sua residência localizada na avenida 15 de Novembro, também no Centro da cidade.

No local, os policiais apreenderam dois tabletes de grandes de maconha e outros dois invólucros de maconha, os quais estavam em uma sacola no banheiro do imóvel. Já no quarto de Alexandre fora apreendida uma munição de calibre .22 intacta.

Nas buscas pessoais, os policiais localizaram com Alexandre os policiais localizaram a quantia de R$ 150,00 e com Félix Vagner a quantia de R$ 26,00.

Todos os envolvidos receberam voz de prisão e foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil, onde o delegado plantonista flagranteou Maikon e Alexandre pelo crime de tráfico de drogas, previsto no Artigo 33 do Código Penal (CP), sendo os dois recolhidos à Casa de Detenção. Já os outros dois jovens foram liberados e responderam ao processo em liberdade.

 

Carlos Mont Serrate

Folha de Vilhena

Comente

comentários


Deixe uma resposta »