Empresária perde R$ 20 mil ao cair em golpe da nota promissória em Vilhena - Folha de Vilhena
<

Empresária perde R$ 20 mil ao cair em golpe da nota promissória em Vilhena

Abel Labajos fevereiro 16, 2017 1


(Foto: Aline Lopes/G1)

Uma empresária de 55 anos perdeu R$ 20 mil ao cair no golpe da nota promissória na última quarta-feira (15) em Vilhena (RO), distante 700 quilômetros de Porto Velho. Conforme boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil, o golpista abordou a vítima no Centro da cidade e disse que precisava receber uma dívida de R$ 315 mil. Após contar com a ajuda de mais dois comparsas, enganou a mulher e fugiu. Até o fechamento desta reportagem, o trio não havia sido localizado.

A vítima contou à polícia que estava caminhando pela Rua Costa e Silva quando um homem de baixa estatura se aproximou e perguntou se ela conhecia uma determinada família que morava no município. Ele alegou a empresária que um dos integrantes daquela família devia a ele R$ 315 mil e mostrou uma nota promissória para dar atestar a dívida. O homem disse ainda que era de Comodoro (MT) e que teria ido a cidade sozinho para receber o valor, pois o pai havia falecido e a mãe ficou na fazenda em que moravam.

Na ocasião, enquanto conversavam, um segundo indivíduo que passava pelo local se aproximou e afirmou que conhecia a tal família. Pediu então para que o homem o acompanhasse até uma recauchutadora de pneus, pois um dos integrantes daquela família estava no estabelecimento arrumando uma caminhonete. O suposto desconhecido que ofereceu ajuda se tratava do comparsa do golpista, assim como o tal integrante da família que estava na borracharia.

A mulher acompanhou o homem até a recauchutadora. No local, encontraram um sujeito que afirmou que iria pagar a dívida. Como forma de agradecimento a ajuda prestada por ela e pelo ‘desconhecido’, o homem prometeu dar para cada um R$ 210 mil. No entanto, para conseguir o dinheiro, eles precisavam comprovar que sabiam lidar com valores tão altos mostrando que tinham uma grande quantia no banco.

A mulher sacou R$ 20 mil, e explicou que era tudo que tinha. Porém, o golpista disse que ela deveria ter no mínimo R$ 30 mil, senão não ganharia a gratificação. A empresária foi atrás de um empréstimo e quando retornou, não encontrou nenhum dos homens e nem a quantia que havia sacado. O caso foi denunciado na Delegacia de Polícia Civil como estelionato.

Fonte: G1

Comente

comentários


Um comentário »

  1. Anônimo fevereiro 22, 2017 at 7:45 am - Reply

    os caras que deram esse golpe parece que foram presos em Ji-Paraná.Pela PRF

Deixe uma resposta »