Em RO, menino de 10 anos mata a irmã de 9 ao mexer na espingarda do pai - Folha de Vilhena
<

Em RO, menino de 10 anos mata a irmã de 9 ao mexer na espingarda do pai

Abel Labajos março 22, 2017 0


(Foto: Machadinho Online/Reprodução)

Uma criança de nove anos morreu na tarde da última terça-feira (21) após ser atingida por um disparo acidental de uma espingarda efetuado pelo próprio irmão de 10 anos na Zona Rural de Machadinho D’Oeste (RO), município a 340 quilômetros de Porto Velho. As crianças estariam em casa, quando entraram no quarto do pai e encontraram a arma encostada na parede. Ao pegar a arma, o menino disparou acidentalmente e a menina, que estava na direção da espingarda, foi atingida no peito.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o pai das crianças estava trabalhando quando o filho chegou e avisou que teria ocorrido um acidente na residência onde moram. Ao G1, o Sargento Tarso Lourenço, informou que uma guarnição foi acionada para atender uma ocorrência de acidente com arma de fogo.

“O homem trabalha em uma balsa e antes de sair teria deixado a espingarda de calibre 36 em um canto da parede, perto do guarda-roupa. As crianças ficaram sozinhas na casa e o menino foi tentar manusear a arma e acabou efetuando um disparo, como a irmã dele estava na frente, da direção da arma, ela acabou sendo atingida pelo tiro no lado esquerdo do peito”, detalha o policial.

Conforme o boletim de ocorrência, o menino correu desesperado ao trabalho do pai para dizer que teria acontecido um acidente na casa e que ele fosse com urgência até o imóvel. Ao chegar na casa, o homem se deparou com a filha caída sobre a cama com uma perfuração no peito.

O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi solicitado pelo gerente de trabalho do pai da criança, mas ao chegar na localidade foi constatado que a menina já tinha vindo à óbito.

O irmão da vítima relatou aos policiais o acontecido, que ele teria pego a arma para verificar se havia cartucho dentro. “A espingarda estava aberta e durante o manuseio, o menino acabou fechando, o que ativou o disparo de forma inesperada”, relata o Sargento Tarso.

O pai das crianças, juntamente com a arma de fogo, foi encaminhado até a Delegacia de Polícia Civil de Machadinho D’Oeste para prestar esclarecimentos ao delegado de plantão. Após o registro da ocorrência o homem foi liberado.

 

Fonte: G1

Comente

comentários


Deixe uma resposta »