Dois homens são presos por crime ambiental na zona rural de Vilhena - Folha de Vilhena
<

Dois homens são presos por crime ambiental na zona rural de Vilhena

Nataly Labajos dezembro 28, 2016 0


Suspeitos não apresentaram documentos da carga de itaúba.

Madeira mensurada em 11, 04 estéreos ficou apreendida.

Imagem ilustrativa

Dois homens, de 39 e 41 anos, foram presos por crime ambiental, na Zona Rural de Vilhena (RO), a 700 quilômetros de Porto Velho. A prisão foi realizada pela Polícia Militar Ambiental (PMA), no fim da madrugada desta terça-feira (27). Os suspeitos estavam em um caminhão, carregado com lascas de itaúba, e não apresentaram documentos da carga.

Segundo a PMA, o veículo foi abordado na estrada que dá acesso a reserva indígena Gavião Real. O homem, de 39 anos, contou aos militares que comprou a madeira de uma terceira pessoa e revelou que não tinha documentos da carga. Ele disse ainda que teria contratado o motorista, de 41 anos, para fazer o transporte da itaúba.

O primeiro suspeito ainda admitiu que o carregamento foi realizado durante a noite, e que a madeira estava próxima da reserva. O caminhão e a carga foram apreendidos e levados para o pátio do 3º Batalhão de Polícia Militar. De acordo com a PMA, a madeira foi mensurada em 11, 04 estéreos.

Os homens receberam auto de infração pela falta de documentos da carga e ainda receberam voz de prisão em flagrante por crime ambiental. Os suspeitos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, onde foram ouvidos, assinaram um Termo Circunstanciado e foram liberados.

O G1 entrou em contato com a assessoria da Polícia Militar (PM) de Rondônia, para saber se o caso seria encaminhado para algum órgão, a fim de investigar a suspeita de a madeira ser retirada da reserva indígena. A assessoria respondeu que com a lavratura do Termo Circunstanciado, o Judiciário Estadual é quem deve definir sobre esta apuração.

 

G1

Comente

comentários


Deixe uma resposta »