Crime ambiental poderá ser registrado em Colorado do Oeste - Folha de Vilhena
<

Crime ambiental poderá ser registrado em Colorado do Oeste

Editoria II abril 10, 2017 0


Contêiner com vazamento constante está fazendo com que o produto seja derramado ao córrego do município, devido às fortes chuvas nos últimos dias 

A denúncia foi enviada ao site Folha de Vilhena, na manhã desta segunda-feira, 10 de abril, onde segundo fontes e imagens há um vazamento de um produto chamado CM 30, utilizado para fazer tapa-buracos e emulsão asfaltica. O depósito está alojado no terreno da Conab, no município de Colorado do Oeste.

Conforme as imagens apresentadas, o vazamento do produto é constante, e devido às chuvas, o produto foi levado até um córrego que corta a Avenida Vilhena e Xingu. Preocupado com ação o denunciante solicita medidas imediatas dos órgãos responsáveis.

Muitos países já proibiram o uso dos asfaltos diluídos à base de solventes, devido, principalmente, às questões ambientais relacionadas ao seu uso, pois apesar de bastante eficaz no processo de imprimação, o CM-30 pode trazer danos ao meio ambiente, em razão de sua composição química.

A principal preocupação quanto à exposição da população a essas substâncias, está relacionada ao mal que podem causar à saúde. Uma das principais fontes de exposição são os solventes orgânicos, que têm potencial carcinogênico comprovado, face à sua ação no sistema nervoso central.

Em 2015 um caso como este aconteceu no Estado do Goiás, a secretaria municipal de obras de Aparecida de Goiânia foi multada em 2,5 milhões de reais. Não se sabe ao certo, quanto tempo o contêiner está no local, mas segundo os moradores, o vazamento iniciou nesses últimos dias.

O site deixa espaço aberto para os responsáveis se manifestarem sobre o caso.

Fonte: Redação

Fotos: Denunciante

Comente

comentários


Deixe uma resposta »