Contribuintes ganham desconto de 15% no pagamento à vista do IPTU em Vilhena - Folha de Vilhena

Contribuintes ganham desconto de 15% no pagamento à vista do IPTU em Vilhena

Folha de Vilhena fevereiro 1, 2017 0

O carne do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) está sendo distribuído pela Prefeitura Municipal de Vilhena aos contribuintes, referente ao exercício vigente. Para pagamentos à vista, o imposto terá 15% de desconto.

A equipe da Secretaria Municipal de Fazenda (SEMFAZ) ou ainda no site da Prefeitura trabalha em ritmo acelerado para entregar os 41.377 aos contribuintes vilhenenses.

Segundo o secretário de Fazenda, Sergio Nakamura, houve um aumento de cerca de 3% na quantidade de contribuintes com relação ao ano passado, quando o número atingiu 40.214 carnês.

Lembrando que da cota de 2016, 27.101 contribuintes quitaram o imposto, alcançando um percentual de 67% do emitido, o que gerou uma arrecadação de R$ 5.190.000,00 (cinco milhões e cento e noventa mil reais) dos cerca de R$ 8.720.218,66 (oito milhões, setecentos e vinte mil, duzentos e dezoito reais e sessenta e seis centavos) previstos.

Para esse ano, Sérgio prevê uma arrecadação de R$ 9.920.832,00 (nove milhões, novecentos e vinte mil e oitocentos e trinta e dois reais) caso todos os contribuintes quitem o tributo.

Para as pessoas que aderiram ao IPTU verde para esse ano, o desconto ainda será concedido. Porem, não será possível a renovação para 2018.

“Menos de 100 contribuintes aderiram ao IPTU verde, o que corresponde a 0,25% do total de imóveis. É um número muito pequeno e que demanda pessoal especializado para a verificação de enquadramento, portanto decidimos extinguir o IPTU verde para 2018”, explicou o secretário.

O imposto desse ano em cota única tem vencimento para o dia 6 de março, podendo haver desconto de até 15% caso o contribuinte esteja em dia com o tributo em relação aos anos anteriores.

Para o pagamento parcelado, é possível fazê-lo em até três vezes. Vale lembrar que quem optar pelo parcelamento perde o desconto, mas também não paga acréscimo algum.

“Esse é o mais importante tributo para a administração, porque os valores arrecadados são 100% do município e são para investimentos em setores prioritários como saúde, educação e infra-estrutura, principalmente”, finalizou Nakamura.

Assessoria

Comente

comentários

Deixe uma resposta »