Barcelona inicia projeto que deve atender 200 crianças em Vilhena - Folha de Vilhena

Barcelona inicia projeto que deve atender 200 crianças em Vilhena

Editoria Jornal janeiro 15, 2017 0

Teve início na tarde deste sábado, 14, o Projeto Social Catalão Vilhenense do Barcelona de Vilhena. O clube vai oferecer aulas de iniciação esportiva para crianças e adolescentes, a maioria de baixa renda, três vezes por semana sempre no período da tarde no Centro de Treinamento do Barcelona.

No primeiro contato com as crianças o presidente do Barcelona, José Luiz, ressaltou a felicidade de poder contribuir com a comunidade vilhenense. “Agora vocês precisam agarrar com unhas e dentes essa oportunidade. Vou ajudar vocês no que puder”, disse.

Conforme o presidente, investimentos no CT devem ser feitos e existe a possibilidade real de uma parceria, que deve ser divulgada em breve, que ajudará ainda mais na consolidação do projeto social.

Algumas crianças vieram de longe para participar do primeiro dia do projeto. O chacareiro Domingos Cavalcante de Oliveira, 70 anos, trouxe os quatros filhos que têm entre 09 e 16 anos para se inscreverem. “É um presente de ano novo para eles. É um projeto que vai incentivar a iniciação no esporte que pode ser a salvação para muitos jovens”, declarou.

O mais velho Gerzil de Souza Cavalcante de Oliveira, 16 anos, disse que para ele e os irmãos é muito importantes participar. “Meu sonho é ser jogador de futebol. Já participei de outro projeto, mas não deu para continuar”, relatou.

O projeto do “Índio do norte” visa ajudar as crianças não apenas no esporte, mas também o lado social, desta forma uma equipe multidisciplinar foi montada para trabalhar fora das quatro linhas. Os participantes vão ter atendimento odontológico, médico, nutricional e psicológico.

Para a psicóloga Rosana Bueno, que faz parte da equipe multidisciplinar, esse trabalho tem uma base muito importante na formação de cidadãos. “É uma oportunidade de tirar essas crianças das ruas e traze-las para um convívio com indivíduos diferentes, isso é importante para a interação social”, pontuou.

Mais de 70 crianças e adolescentes com idades entre 09 e 16 anos se inscreveram neste sábado. Elas se juntam as 80 que fizeram a inscrição no lançamento do projeto em novembro de 2016.

Assessoria Barcelona

 

Comente

comentários

Deixe uma resposta »