Assistência Social destinará R$ 1,6 milhão para obras sociais de 43 entidades e prefeituras de Rondônia - Folha de Vilhena

Assistência Social destinará R$ 1,6 milhão para obras sociais de 43 entidades e prefeituras de Rondônia

Editoria Jornal novembro 22, 2016 0

seas4

Em Nova União, a prefeitura investirá R$ 30 mil na aquisição de lixeiras coletivas. Pequenos agricultores de Mirante da Serra terão disponíveis R$ 50 mil para a picape que sua associação irá adquirir. Famílias de baixa renda de Chupinguaia ganharão R$ 100 mil.

A piscina a ser construída no Centro de Convivência do Idoso em Urupá [leste rondoniense] está avaliada em R$ 60 mil.

Nascido em 1992 de áreas desmembradas dos municípios de Ouro Preto do Oeste e Alvorada do Oeste, Urupá tem 13,3 mil habitantes. Em 1981, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) ali assentou famílias de migrantes sulistas. Agora, seus idosos serão amparados pelo governo estadual.

Esses e outros itens previstos nos planos de trabalho de 43 entidades, associações e prefeituras serão contemplados com apoio financeiro de R$ 1,6 milhão, anunciado nesta terça-feira (22) pela secretária estadual adjunta da Assistência e do Desenvolvimento Social, Marionete Sana Assunção.

O leque abrange aquisição de brinquedos pedagógicos, veículos, equipamentos, lixeiras e material permanente, além de academia de ginástica para idosos. “Os recursos são viabilizados via emendas parlamentares na Assembleia Legislativa”, explicou.

Municípios ainda permanecem conveniados com a Seas, mas já funcionam diversos termos de fomento e colaboração. “Esse apoio é indispensável para o bem-estar de diversas comunidades carentes no estado”, observou Marionete Assunção.

A Guarda Mirim de Buritis utilizará R$ 39,1 mil em bens de consumo; e a Associação dos Deficientes Físicos da Amazônia Legal de Ji-Paraná investirá R$ 10 mil na compra de material ortopédico.

O Instituto Vontade, Ação e Saúde em Porto Velho receberá R$ 300 mil para promover campanhas educativas direcionadas à aplicação de flúor e atendimento ambulatorial.

Duas academias ao ar livre em Alvorada do Oeste, Rolim de Moura e Seringueiras serão contempladas com R$ 20 mil, R$ 30 mil e R$ 60 mil respectivamente.

A Associação de Pais e Amigos de Excepcionais (Apae) em Ariquemes comprará brinquedos pedagógicos com os R$ 20 mil que lhe foram reservados. A Associação de Mães Autistas, nessa mesma cidade, receberá R$ 20 mil.

A Apae de Jaru ganhará R$ 81,5 mil e a de Espigão do Oeste, R$ 36 mil, e oficinas de artesanato administradas pela Associação dos Artesãos da Amazônia Brasil Artes, R$ 50 mil.

Para a Casa do Idoso de São Felipe do Oeste o apoio é duplo: R$ 51,5 mil destinam-se à aquisição de material permanente; e R$ 11,7 mil a para compra de material da capela mortuária.

COMPROMISSO

Para se credenciar ao empenho do dinheiro, todos os contemplados devem estar negativados, sem quaisquer pendências, tanto nos planos quanto na documentação em geral.

“Na planilha de 2016, a maioria dos recursos está em tramitação”, informou o assessor técnico de Convênio, João Pedro Rodrigues dos Santos.

Segundo Santos, muitos processos estão em análise para elaboração de termo de fomento. “Os beneficiados devem fornecer rigorosamente todos os documentos que a lei exige”, alertou.

 

 

Fonte: Assessoria

Comente

comentários

Deixe uma resposta »